Estudos IEDI

ESTUDO
Publicado em: 29/08/2022

A despeito da alta de suas exportações, a indústria teve seu déficit comercial ampliado no 1º sem/22, devido à deterioração do saldo dos grupos de maior intensidade tecnológica.

 
ESTUDO
Publicado em: 22/08/2022

O economista João Emílio Gonçalves, a pedido do IEDI, analisou efeitos de distintas estratégias de ampliação da abertura comercial da economia Brasileira e a pertinência de associá-las a outras medidas em prol da competitividade. 

 
ESTUDO
Publicado em: 22/08/2022

Em estudo feito a pedido do IEDI, Vera Thorstensen (FGV) analisa caminhos para a integração internacional do Brasil, em um contexto de tensões geopolíticas e da importância do debate sobre barreiras não tarifárias.

ESTUDO
Publicado em: 01/08/2022

No âmbito do VI ENEI, a Mesa IEDI reuniu três Conselheiros do Instituto para debater questões centrais ao país com professores universitários e pesquisadores em economia industrial.

 
ESTUDO
Publicado em: 24/06/2022

Agenda de ações proposta pelo IEDI para o Brasil retomar um processo de desenvolvimento econômico, social e ambiental. 

ESTUDO
Publicado em: 06/06/2022

No 1º trim/22, todos os ramos do setor privado ampliaram o emprego, com destaque para comércio e serviços e para a indústria de transformação no segmento com carteira assinada.

 
ESTUDO
Publicado em: 27/05/2022

Na indústria, todos os grupos por intensidade tecnológica perderam produção no 1º trim/22, mas as quedas ficaram menos agudas na alta e média-baixa tecnologia.

 
ESTUDO
Publicado em: 13/05/2022

No 1º trim/22, as exportações da indústria voltaram a se expandir à frente de suas importações, devido, sobretudo, à média-baixa tecnologia, reduzindo o déficit do setor.

 
ESTUDO
Publicado em: 29/04/2022

De acordo com o FMI, a guerra na Ucrânia representou um expressivo revés para a recuperação da economia global, que deve crescer 3,6% no biênio 2022-2023.

 
ESTUDO
Publicado em: 14/04/2022

Em 2021, o emprego no Brasil não conseguiu compensar integralmente as perdas da pandemia, mas na indústria de transformação a maior parte das vagas já foram recriadas.

 
ESTUDO
Publicado em: 04/04/2022

A expansão da produção da indústria brasileira em 2021, como sabemos, foi parcial e, segundo os dados da UNIDO, ficou abaixo do resultado da indústria global.

 
ESTUDO
Publicado em: 31/03/2022

Embora tenha avançado, o desempenho do PIB do Brasil em 2021 e suas projeções para 2022 não são favoráveis por diversas razões, algumas das quais o IEDI trata neste Estudo.

 
ESTUDO
Publicado em: 04/03/2022

Em 2021, a indústria de transformação ampliou sua produção em comparação com 2020, mas isso ficou restrito aos grupos de intensidade tecnológica intermediários.

 
ESTUDO
Publicado em: 23/02/2022

O emprego no setor privado é analisado pelo IEDI segundo os microdados da PNAD contínua do IBGE, identificando as distintas trajetórias setoriais até o 3º trim/21, com destaque para o emprego industrial.

 
ESTUDO
Publicado em: 11/02/2022

As vendas externas de quase todas as faixas de intensidade tecnológica da indústria avançaram fortemente em 2021, a exceção foi a alta tecnologia.

 
ESTUDO
Publicado em: 21/01/2022

Os dados mais recentes do levantamento da OCDE mostram retomada da internacionalização produtiva entre 2015 e 2018, depois da interrupção deste processo desde 2011.

 
ESTUDO
Publicado em: 10/01/2022

A UNIDO indica baixo dinamismo da indústria mundial no 3º trim/21, afetada por novos surtos de Covid-19 e pela desorganização das cadeias produtivas internacionais.

 
ESTUDO
Publicado em: 30/12/2021

No ano da pandemia, o Brasil deu continuidade à redução de sua participação no comércio mundial de manufaturas, perdendo posições no ranking da OMC.

 
ESTUDO
Publicado em: 23/12/2021

Estudo do BID revisa o arcabouço jurídico das compras públicas de inovação no Brasil e faz recomendações para eliminar os entraves à utilização desse importante instrumento de estímulo à inovação e à difusão tecnológica.

 
ESTUDO
Publicado em: 03/12/2021

Dados calculados pelo IEDI mostram perdas generalizadas de dinamismo na indústria, mas concentradas nos ramos de média-baixa e sobretudo de alta tecnologia.