Economia e Indústria - Análise IEDI

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 09/02/2024

Embora no agregado do ano tenha ficado no azul, para o setor de serviços 2023 foi de nítida desaceleração, chegando a apresentar queda no quarto trimestre.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 08/02/2024

Em 2023, a indústria brasileira evitou novas perdas, mas seus parques regionais mais completos e diversificados não se saíram bem, como São Paulo e Rio Grande do Sul.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 07/02/2024

Embora dez/23 tenha sido um mês de queda, o desempenho do comércio ao longo de 2023 se mostrou bastante consistente, não sem a contribuição do corte de impostos sobre veículos.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 02/02/2024

A estagnação de 2023 e os anos anteriores de profundas perdas indicam a necessidade de uma nova fase de expansão e de modernização para a indústria brasileira.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 17/01/2024

As vendas reais do varejo praticamente não cresceram em nov/23, a menos que se tome o setor em seu conceito ampliado, cuja expansão teve origem no ramo de veículos.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 16/01/2024

A despeito do crescimento em nov/23, nos últimos meses, o setor de serviços reduziu seu dinamismo em um processo que pode ser considerado de acomodação.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 12/01/2024

A expansão industrial de nov/23 atingiu todos os estados do Sudeste, o que é uma boa notícia já que seus parques mais diversificados, como São Paulo, não se saíram bem ao longo do ano.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 05/01/2024

O ano de 2023 foi chegando ao fim com a presenta de duas tendências contrastantes na indústria: retração em bens de capital e de consumo duráveis e expansão mais forte em intermediários e bens de consumo semi e não duráveis.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 14/12/2023

Assim como os serviços, o varejo perdeu faturamento em out/23, embora tenha se mantido perto da estabilidade, devido a uma minoria de ramos que conseguiu crescer.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 13/12/2023

Em out/23, pela terceira vez consecutiva, o setor de serviços viu seu faturamento real encolher, embora sob influência de um número menor de seus ramos.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 08/12/2023

Embora a produção industrial do país não tenha avançado em out/23, a maioria de seus parques regionais conseguiram crescer, como São Paulo, Rio Grande do Sul e Nordeste.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 05/12/2023

A economia brasileira perdeu dinamismo na entrada da segunda metade do ano, mas consumo e o setor externo mostraram resiliência.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 01/12/2023

O ano de 2023 se aproxima do seu fim sem que a indústria tenha registrado uma mudança de rota, voltando a ficar estagnada no mês de outubro.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 14/11/2023

Com bases de comparação mais altas, os serviços vêm apresentando clara desaceleração e em set/23 perdeu faturamento tanto na comparação com ago/23 como ante set/22.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 08/11/2023

A estagnação industrial no 3º trim/23 veio acompanhada de contribuições positivas dos parques com participação importante do processamento de commodities minerais e agropecuárias.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 08/11/2023

Em set/23, as vendas do comércio varejista apresentaram desempenho positivo, mas muito dependente da contribuição de supermercados, alimentos e bebidas.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 01/11/2023

Com dois terços do ano já cobertos pelas estatísticas do IBGE, pode-se dizer que 2023 vai se firmando como um ano sem dinamismo industrial.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 31/10/2023

Embora a taxa de desemprego venha recuando em 2023, o ritmo de criação de novas vagas perdeu muita força e na maioria dos setores deu lugar a variações negativas.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 18/10/2023

Em ago/23, as vendas do varejo recuaram sob influência de ramos mais dependentes do crédito, embora alimentos e veículos continuem em expansão.

ANÁLISE IEDI
Publicado em: 17/10/2023

Em ago/23, o setor de serviços reforçou os sinais de que está em um estágio de dinamismo mais moderado, sob influência do consumo mais fraco das famílias.